Fofuras da Kah

6 on 6 (JANEIRO)

Outros - 12.01.2018

Essa semana (e vale dizer, esse ano)  já começou a mil por hora, com vários desafios, novos jobs, desventuras em série e : AHA com uma “Kahzinha” nova para a minha pessoa morar. E por esse motivo o nosso -atrasado como sempre hehe- 6 on 6 veio com fotos de alguns dos meus detalhes preferidos que eu encontro por lá!

1- Livros, livros e mais livros. De moda, de romances para ler de uma vez só, de aventura e de enfeite (até por que quem é bibliomaníaca que nem eu tem livro até pra isso rs), uma das coisas que mais tem no meu apê são livros.

2- Minha bancada americana que divide a sala da cozinha. Um charme, e um dos meus toques preferidos.

3- Home office = minha maior paixão no momento!

4- Yo

5- Amiguinhos que vieram das viagens direto para minha decor.

6- Mais livros 🙂

Eu sei, esse não foi uma das matérias mais completas que já tivemos por aqui. Mas dessa vez escolhi falar menos e fotografar mais! obs: (pra quem ainda não viu, tem matéria das outras girls para conferir).

Bia // Paula // Renata // Vivi // Joyce

Até mais ver terráqueos!

xoxo

A resposta para a pergunta que vocês não fizeram, é sim!! Aeeee finalmente aquela fase tensa de vestibulanda passou  e uma Kah feliz e animada pode voltar a normalidade. Fácil  definitivamente esses últimos meses não foram. A TPV (tensão pré vestibular), a prova toda em sí e depois o tempo de espera até o resultado sair……. Menina moça do céu, são uma Lou-cu-ra com “l” em itálico e negrito. Mas -ufa- passou hahaha e com a minha passagem de mera mortal para caloura no curso de Design de Moda na BA! Uhuuuuuu \0/ \0/ \0/

E por mais insano que meu 2017 tenha sido, foi um ano INCRÍVEL, pra lá de Bagdá (ou melhor de NY), repleto de realizações, emoções e, yes, confusões haha! Ah e no meio disso tudo, uma mala de lições que vou levar para a vida toda e que com muito carinho, resolvi compartilhar hoje por aqui com vocês.

-Um-

Ser eu mesma. Esse ano (2017) me ensinou que não tem problema nenhum ser a ovelha negra da família, a certinha do grupo , a nerd da sala ou a filhinha do papai.

-Dois-

Confiar no meu sexto sentido: intuição! Não é porque tá tudo lindo e maravilhoso que não pode dar algo de errado. Se o friozinho na barriga avisar, vale repensar!

-Três-

Família é família. Eles podem não ter razão 100% das vezes, mas pelo menos uns 99,9% SIM! Afinal de contas, pai, mãe, e aqueles melhores amigos  que você sempre podem contar (e que são poucos), sempre querem seu bem.

-Quatro-

Amar é um daqueles substantivos de 4 letras com 1000 e um significados. Amar é complexo, é doído e nem sempre vem com um “felizes para sempre” embutido nele. Mas acima de tudo, é preciso, e de todas as formas, um enorme aprendizado.  E ainda sobre amar, o a-m-a-r mais importante que devemos ter nessa vida é o próprio, e só assim somos capazes de  aprender a amar novamente.

-Cinco-

Viver menos do tal do touch e mais do bom e velho toque! Chega de querer registrar tudo ao invés de aproveitar o momento. Chega de senhas de wi-fi ao invés de conversas duradouras. Por favor um pouco mais de humanidade e pessoas reais nesse mundo tecnológico de seres falsos!

-Seis-

 Simplesmente: A melhor coisa que um ser humano pode fazer nessa vida são boas lembranças.

-Sete-

São os momentos que tiram proveito de nós, e é por isso, que a impossibilidade das coisas é tão linda!

Talvez eu tenha viajado e filosofado um pouco nessa matéria (só talvez haha) porém esse é o melhor resumo de 2017 em colagens e tópicos que eu poderia fazer. E por ai? Como foi seu ano?

Até mais ver terráqueos!

xoxo

                                                                                                🌸🌵✨

Okay vai, tá na cara que essa arte ai de cima tá bem atrasadinha. Maaas uma wishlist feita com tanto amor quanto essa não merece ir para na minha lixeira! E é por isso mesmo que eu vim pra lá de recicla-lá, eu vim finalmente dar  um real propósito a ela!

Como vocês (seres, usuários, leitores e extra-terrestres) ai do outro lado do pc  leram na última matéria que liberei por aqui – e olha há quase 2 meses – eu tô de mudança, heeey finalmente hahah, e para uma “nova” fase da minha vida. E tenho que dizer: é engraçado  ver aquele sonho que  por tanto tempo idealizei estar finalmente acontecendo. Ah e falando em idealizar, na hora de escolher cada móvel de cada cantinho do meu apê, teve e tá tendo muita idealização, pastas no Pin, desenhos de arquiteta por hobbie mal terminados e listas de compras envolvidos.

Eu não sou do tipo de pessoa que acredita em perfeição, por mais perfeccionista que eu seja hehe, mas todo o processo de montar minha casa está envolvido com uma vaga tentativa de deixar ele o mais “perfeitinho” possível. Vocês têm há sei lá ( 4? 5? 8?) meses acompanhado todas as minhas listas de desejo e desabafos sobre meu novo lar, e agora posso finalmente falar: ele tá MARAVILHOSO!

Claro que ainda faltam alguns bons itens das listas para comprar (ou como meu pai sempre fala, “elas não terminam nunca”) mas tô nessa onda de ir achando os objetos – como quadros, tapetes, almofadas e itens menores- por conta do destino! Até porque quem sabe que bugiganga que pode esbarrar na gente nos dias do amanhã né??

E com ou sem ajuda do universo meu desejos ainda existem e tão mandando um alô para mostrar um pouco para vocês do estilo que tô seguindo lá na minha casa de paulista *–*.

1- Poltrona rosa// 2– Estante livreiro // 3- Vaso // 4- Quadro amor  // 5- Tênis // 6- LP Pink Floyd // 7- Quadro  costela de Adão//

Até mais ver terráqueos!

xoxo

                                                                                                🌸🌵✨

1 2 3 77