Fofuras da Kah

morar1

Prepara coração que tem matéria muito old vibes vindo ai:  haha. Vovó sempre -s-em-p-r-e- diz que” nem tudo são flores”. Ok Kah e dai? E dai chuchu, que muita gente por ai pensa que quando o assunto é morar lá fora (em outro país, continente, galáxia, universo 👽💗que seja), a história tem outro rumo.  hahah surpresaaaa Sqn! Se você ai tá pensando em mudar de endereço, e começar a estudar em Hogworts, Dagobah ou Atlântida, a primeira coisa que você tem que fazer, é aceitar isso, ponto final! (acredite em mim). Então  já pode começar a preparar seu coraçãozim para as aventuras que fazer um intercâmbio intergalático pode proporcionar, e pra isso, resolvi hoje trazer uma matéria bem azedinha sobre um assunto tão sonhador, hehe

morar2

Primeira coisa que você vai passar (clichêzasso mas que é verdade): choque cultural. Parece bobagem né?? Mas num é, e nem um pouco meeesmo! Quanto mais rápido e antes de sair daqui, você lidar com o que (verdadeiramente te espera lá fora), nada de High School Musical, Tor cantando uma serenata de amor pra você, e os  armários mais legais da vida- ok talvez um pouco disso haha-  melhor você irá se adaptar! Se já não tivessem diferenças grandes o suficientes entre o BR e o seu novo país do coração, psiu, ainda tem mais, não se sabe quantas outras, nacionalidades, que estão lá pra fazer exatamente a mesma coisa que você. Então anota ai: primeiro passo é aprender a lidar com o novo, e principalmente com o diferente viu?

morar3

Outra coisa que é importante você anotar ai no seu caderninho é a diferença entre climas! Logo que eu cheguei no Canadá, o meu corpo, e principalmente a minha pele, começaram a sofrer (muuuuito). Depois de quase 3 semanas, eu tava mais é parecendo um jacaré de tão seca que a minha pela estava (o lugarzinho com a  umidade do ar mais absurdamente baixa -mesmo sendo a nível do mar- que eu já vi haha). A minha sorte, é que eu acabei pegando tempos (tirando a chuvim gostosa) simplesmente maravilhosos por conta de ser verão, e bem próximos  ao do Brasil. Mas vai que você ai vai parar no Ártico? Não esqueça disso: seu corpo e você vão precisar de um tempo pra se acostumar, mas no final tudo dá certo okay ? 🙂                                                                    morar4

Saudades de casa? Nem vem me falar que não é ligado na família, ou simplesmente que vão vai sentir, porque aaaaah vai! E muito! Eu falava por facetime 2 vezes por dia com os meus papais, e se pudesse, falava até mais haha! É muito diferente você deixar de conviver “muito” com os seus pais, para depois estar lá, completamente sozinho com o mundo sob os pés sabe? E posso confessar? Nos últimos dias, por mais da tristeza que dá de deixar esse país lindo de morrer, eu tava é mais contando os segundos pra comer um arrozinho com feijão (ahh e tem essa ainda) e abraçar papai e mamãe!

morar5

Agora, tirando esses pontos negativos, e todo o lado negro da força, relaxa que seu Jedi interior vai viver e tantas mais tantas aventuras, que depois não vai ter papo suficiente pra contar (o pior é que é serio haha). E claro que eu não podia deixar de falar das amizades né? Que são pra vida toda <3                                                        morar6

Agora falando de estudo, ou melhor, do voltar falando “fluentemente inglês”, nah, vamos combinar, fake total né? Dependendo de onde você vai, e de quanto tempo você vai ficar, o que você vai realmente aprender não vai além de lições pra vida toda, e uma “melhor forma e prática” do uso da língua! Mas que já ajuda e já serve como uma ótima forma de aprendizado, ahhh isso serve!                                                       morar7

E é claro, que mesmo em meio a essa chuva de negatividade (people realidade) você não deve nunca desistir desse seu sonho (e pelo amor, a ideia desse post não é essa ein??). Mas querendo ou não dificuldades sempre vão existir, e agora sim, sabendo desse ladinho, fala sério, chato da coisa, você já pode sair navegando por ai como um verdadeiro mochileiro das galáxias!                                                                                       morar8

Espero, sério muito mesmo, ter ajudado vocês nessa jornada e mostrado nem que seja um pouco do que é a experiência de se viver nesse mundão! Não esquece de comentar e me dizer o que achou! (amo quando vocês comentam hehe)

Até mais ver terráqueos

xoxo

 🌸🌵✨

você também pode gostar

Comente via Facebook

Comentários via WordPress

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • sara dezembro, 2016

    Bom dia flor!
    Sigo alguns blogs de intercâmbio e sempre leio o mesmo, há altos e baixos… nunca fiz mas acho que meu maior medo seria pela distância dos meus pais….
    🎄 PS: Em Dezembro Tem post sempre novo no ar! 🎄
    Beijos!!!
    Blog A primeira Casa

    • fofurasdakah dezembro, 2016

      Boa tarde chuchu!
      É exatamente isso que você falou Sara, altos baixos! Mas faz parte da vida né?
      Distância é algo que pesa muuito mesmo!
      xoxo