Fofuras da Kah

Já parou pra pensar que as coisas são assim: estranhas? E estranhamente conectadas? Esses dias eu tava pensando em como eu vim parar nesse mundo dos blogs- e como eu tinha entrado pro CBB- e minha gente esse universo é é d-o-i-d-o! É muito estranho (já pode anotar que essa é uma palavra que a gente vai ouvir- ler\escrever- muito por aqui hoje haha) como uma pequena coisinha pode gerar e acabar mudando as nossas vidas em proporções que cara, são absurdaaass! E eu só fui perceber isso, acredite se quiser, quando eu comecei a ler esse livro fantasticamente viciante que eu vim resenhar pra vocês hoje nessa terça-feira perfeitamente nublada! hehe

Pode parecer bobagem- okay até talvez seja- maaais esse livro é uma droga! Calma pera! Não na vibe de péssimo, pelo contrário, ele é tão maravilhoso que você vicia nele em dois segundos!! Não é atoa que ele tá esgotado na maioria das livrarias. Eu mesma só consegui um exemplar pra chamar de meu graças ao João e a Thais (obrigada gente <3) que me presentearam e me fizeram a leitora mais feliz da face do planeta terra hehe!

Belezinha de livro com o cherinho mais gostoso de todos!

O Zack (nesse jetinho íntimo mesmo porque te tanto ler as coisas dele tô me sentindo melhor amiga do cara rsrs) é paulista- o trem baum– mas já foi mineiro e baino, apaixonado pelas singularidades da mesma forma que escreve!  Na minha opinião um dos melhores, senão o melhor, poeta brasileiro atualmente. Quem ainda não conhece o trabalho dele no instragram vale super a pena conhecer (@zackmagiezi).

E basicamente o livro é uma coletânea do que ele compartilha nas redes sociais. Mas posso ser sincera? Ele mandou MUITO com esse livro!  A forma como ele foi feito e pensado de maneira tão simples é de, juro, encantar qualquer leitor de passagem! Ele é dividido em três parte (ambas maravilhosas) mas não posso deixar de comentar que sinceramente sou mais apegada as, por favor, famosas “notas sobre elas”.

Sei que tem muita gente por ai que não curte poesia, mas vale dar uma olhadinha! O Zack trabalha o sentimento da forma mais intimista, nua e crua que pode existir. E é justamente isso- acredito eu- que seja o estranho gostoso da coisa toda! Sério, é fascinantemente estranho como as frases tomam um sentido tão profundo!

E nada melhor que pra acompanhar o meu livro de cabeceira, de bolsa, de vida preferido no momento do que uma boa xícara de chá e um vinil dos Beatles! haha. Não vou nem deixar o link para compra pra quem se interessar porque por enquanto ele tá esgotado em todos os lugares- péssimo né? Mas vale ficar pesquisando, pegar das zzamigas, emprestar da biblioteca, até conseguir! Me contem o que vocês acharam e não deixem de me indicar novos autores!

Até mais ver terráqueos!

xoxo

                                                                                                 🌸🌵✨

você também pode gostar

Comente via Facebook

Comentários via WordPress

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Paloma Wancleia junho, 2017

    Que post lindooo! *-*
    Sou louca por esse livro desde que li uma resenha em outro blog. Sigo o Zack a bastante tempo e ele é um amor de ser humano. Não sei como pode existir uma alma tão linda quanto a dele. ♥
    As fotos ficaram lindas, Kah!
    Blog M E R A K I

    • fofurasdakah junho, 2017

      Aaaaaaaah obrigada <3
      O Zack é um amorzinho mesmo! Tô fascinada pelas obras dele!
      Ele manda muito!
      xoxo

  • Paula maio, 2017

    Amei. Tô louca para ler o livro! Beijos
    http://www.paulinhasilva.com