Fofuras da Kah

É engraçado como tudo na vida muda (até – ou principalmente- a gente). E nesses últimos meses, em que eu praticamente fechei um ciclo e comecei outro, coisas da vida né gente, foi engraçado ver o TANTO que as coisas em sí mudaram. Posso até estar sendo melodramática haha mas é fato, vivemos uma metamorfose ambulante. E em todas essas “mutações” teve uma (ou algumas) coisas que não mudaram, e de fato, uma delas foi meu amor por livros! Isso não muda por na-da nesse mundo rs!!!

Fazia um bom tempo que eu não resenhava algum livreto por aqui, e confesso senti falta! Maaas aproveitei a enchuvada de perguntas que você me fizeram no @fofurasdakah depois que postei essa foto ai de baixo, para resenhar um dos livros mais ilustradamente lindo que minha estante já teve.

Comprei esse chuchu em NYC, e se não me engando no MET. Foi um daqueles momentos em que você olha para o livro, ele olha para você e boom, amor a primeira vista. Particularmente eu sou fissurada em tendências e estudos sobre as décadas de 20 a 70, e esse sem dúvida alguma é um dos exemplares mais magnificamente feitos sobre esse assunto.

Dessa vez não fotografei muito a paginação dele em sí. As ilustrações são tão mais tão mágicas que vale a pena a surpresa! Quanto a editora, a Taschen na minha opinião é uma das rainhas em livros de arte e design, não tenho o que reclamar, e além disso fica a dica para quem busca edições nessa área *–*.

Confesso que paguei um preço salgadinho nele. Na época com o dólar a 3,5o e o exemplar custando 49,99 doletas ficou algo em torno de 175 reais. Mas caaalma, se você quer um para chamar de seu, dei uma pesquisada e na Livraria da Vila ele está por 99,99!! haha não vale falar que não avisei hein??

Até mais ver terráqueos!

xoxo

                                                                                                🌸🌵✨

você também pode gostar

Comente via Facebook

Comentários via WordPress

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *