Fofuras da Kah

Posts marcados na categoria geek

Wishlist dia dos namorados

BOYdecorgeekNAMOROPRESENTESWISHLIST - 24.05.2017

Okay vai, eu não namoro, maaaaas  sempre amei falar sobre sentimentos e esse lado todo romântico da vida (oia a pisciana dentro de mim aparecendo hahaha). E quase todo ano fico imaginando o que eu daria para o meu crush\príncipe encantado nessa data! Por isso- e pra ajudar os namorados e as namoradas que estão meio perdidos nesse quesito (calma ai que já ajudo vocês rsrs)- resolvi botar a mão na massa e reunir em um só post os presentes mais legais da senhora internet!!

1- Luminária Cactos // 2- Luminária Letreiro // 3- Funko Flower // 4- Bolsa Limão Siciliano // 5- Jardim Vertical // 6- Paleta Nude // 7- Our Adventure Book // 8-Radio Amplificador

1- Pantufas// 2- Luminária // 3- Boné // 4- Quadro de Vinho // 5- Camisa Hadoken // 6- Luminárias Star Wars // 7- Porta-retrato 

Nem preciso falar que desejo tudooooooo de ambas as listas né (principalmente essa luminária de cacto! Senhor que coisa mais maravilinda) haha! Oia só sei que vou ser dessas namoradas nerds que ama as geekces do boy haha! Mas e vocês já sabem o que vão dar de presente pra não perder o match com o  boy\girl?? Me conteeem!

Até mais ver terráqueos!

xoxo

                                                                                                 🌸🌵✨

Ahhhhh como eu tava com saudades de por um lp riscado na vitrola, pegar minha câmera e fotografar uma série para vir compartilhar com vocês aqui no fofuras! E olha que eu achei que as fotos de hoje nem iam rolar com essa chuvona que tá por aqui (#amo).  Mas já que tudo fluiu como o planejado- agenda sua linda haha- hoje cá estou eu para resenhar pra vocês um dos livros mais m-a-r-a-v-i-l-h-o-s-o-s que eu li esse ano! Pode anotar ai miga! Que a dica de hoje é das boas!

Carry on pra quem é das antigas, tipo família Potterhead mesmo, vai parecer uma versão classe C de Star Wars. Calma aí que eu já explico! haha. De início uma das primeiras coisas que vão vir a mente é “mais que droga de cópia e cola de Harry Potter é isso” mas relaxaaaa que TUDO, simplesmente TUDO (até esse universo meio que total paralelo a Harry), tem um porquê. Nas primeiras páginas a coisa toda é meio lerda (acredite em mim, é um porre). Mas pra quem já leu Rainbow Rowell sabe que a autora, uma das mais perfeitas ever, tem esse efeito meio degradê na escrita. Parece coisa de louco, mas é assim mesmo, a leitura vai ficando boa aos poucos, e no final, quando acaba, cê fica com aquela sensação pós maratona “uai cabô?” hihi!

Pra quem não sabe, ou é umas das únicas pessoas que ainda não leu alguma coisa da Rainbow (ahh como eu amo esse nome <3), geralmente ela trabalha esse  tema fanfiction e histórias meio que paralelas! E ó vou confessar que nunca me interessei muito por esse tipo de leitura. Maaas calhou de que fui ler Fangirl, e quando ví já tava apaixonada por tudo que essa mulher escreve! Falando em Fangirl, Carry on é a história da série de livros que a Cath era fã! Demais né? Só que ao contrário do “fan” ao invés de focar  na relação ficção e fãs, Carry foca só na ficção em si! Tanto que é o primeiro livro da Rainbow que trabalha com o universo meio mágico!

Agora falando de resenha em sí, Carry On conta a história de Simon Snow, um adolescente que segundo a profecia é o mago mais poderoso que o universo mágico já viu. Mas na verdade o cara não quer saber de nada disso, e sua única preocupação é terminar o último ano letivo na Escola para Magia Watford (ó Hogwarts ó haha) junto com sua melhor amiga Penelope- uma das melhores persongens na minha opinião- e namorada Agatha.  Só que- como nada é perfeito- a escola começa a sofrer ataques do Impidrum. Uma força\mostro\Lord Voldemort que está atrás dos poderes do Snow. Ahhh e ainda temos Baz, o arco inimigo do Simon (meio vampiresco) que some misteriosamente e deixa nosso pobre escolhido meio perdido (numa vibe meio Draco Malfoy haha).

Eu sei cara tá parecendo MUITO com Harry Potter! Mas a ideia é justamente essa. No comecinho eu achei que a coisa toda era meio que uma crítica a todo o universo mágico já existente (viajei real oficial hehe). Tem um toque de crítica? Tem! Mas muito mais social do que simplesmente ao universo Hogwarts! Acredite em mim!  O que a Rainbow tenta fazer é na verdade um simbiose entre o que já existia, com as críticas dos leitores!  É bem legal, e bem interessante como ela vai criando esse diálogo total paralelamente a uma ficção de roer as unhas!

Ahhh dentre toda essa confusão harryniana a gente ainda se depara com o romance Simon e Baz. Pra mim o romance deles não foi uma surpresa (por mais que eu tenha torcido quase a leitura toda pro Simon ficar com a Penélope haha), mas algo que me deixou meio encima do muro foi como, depois da última página , Simon “termina”, já que fica algo meio enigmático!

Esse foi um daqueles livros de cabeceira que eu engoli! Foram 522 páginas em três dias! E pra quem tá procurando uma leitura leve, divertida e que no fundo ainda tem um embasamento social, fica a dica! Vale muito a pena! E como potterhead confia em mim, não compensa já ir odiando Carry On por causa da cópia sem cópia! Vai lendo, deixa fluir, que no final tenho quase certeza que você vai ter um livro a mais no seu coraçãum! Ahh pra quem se interessou, vou deixar aqui embaixo o link de onde comprar okay?

Saraiva\\ Livraria Cultura\\ Submarino

Até mais ver terráqueos!

xoxo

                                                                                                 🌸🌵✨

Okay, lá vem bomba: Acho que eu não tenho maturidade suficiente pra estar fazendo esse post. hehe! Quando se trata de material escolar, coisas fofas, e p-r-i-n-c-i-p-a-l-m-e-n-t-e coisas de papelaria, eu me transformo numa criança de 5 anos dentro de uma loja de brinquedos- não que eu ainda  não pire, porque até hoje eu dou a loka (mas só pra vou pra comprar Funkos e Tsum-Tsum, juro)- mas sério, eu não sei lidar. Becky Bloom encarna em mim, e eu desando toda! haha. E acho que é até por esse motivo- a gente finge que é beleza?- que eu tenho uma enoooorme, absurda, coleção de coisas de papelaria, e que inclusive eu já mostrei por aqui. Quem ai viu?                                                                        

E pesando nessa quantidade pequena de coisas que eu tenho (cadernos, post-its, canetas, lápis de cor, canetinhas, moleskines, e a cambada toda…) eu resolvi poupar meu dimdim, que de um tempo pra cá não tem dado em árvore né, e reutilizar, ou melhor, utilizar de uma vez por todas, uma parcela dessa minha coleção! Razei né? No final das contas só acabei comprando caneta Bic, uma borracha e um apontador pra pagarem de produtos novinhos em folha haha!                                                                        

E o legal é que assim, nenhum desses materiais escolares que eu escolhi usar esse ano, tem algo de “comum”. Juro eu não sou chata, mas eu gosto de exclusividade  haha, ai fala sério quem não gosta! (não vale me julgar ein!) E além do mais, eu nunca me dei bem com caderno de espiral, então esses ai vão quebrar um belo de um galho!                                  

Naaaah, e antes que alguém pergunte de onde surgiu isso tudo, garanto que não veio do além (uuuuhh).  Rapaaaiz tem muito tempo que eu coleciono essas coisas, tipo muito mesmo! Bem antes de eu começar o blog- e cara isso já tem 5 anos (como assim Kah?? É passou rápido minha gente)- e olha que estamos falando de antes dos meus 12 anos, e a época de “Kah como patinha feia”, ahhh escola…., haha sem ressentimentos, que eu já investia minha mesadinha em coisas assim, como eu posso dizer, fofas!

Por isso tô bem animada em começar a usar tudo isso! Elas tem um apego sentimental sabe? Ainda mais como é meu último ano na escola, e já já eu tô na faculdade, não quis perder a oportunidade de poder arrasar com as minha coleção particular e lacrar nos cadernos que só eu vou ter! haha (pareci até uma menina diabólica de 4 anos falando isso, mas relevem).. acontece!

Até mais ver terráqueos!

xoxo

                                                                                              🌸🌵✨

1 2 3 4