Fofuras da Kah

Posts marcados na categoria plante um mundo

A infância sempre (me) vai ter um cheiro muito específico. Lembro de acordar cedo logo pelas manhãs de sábado e domingo, e já me encontrar em pleno baile de máscaras. Sempre foi assim. Entre um cambaleio e outro, eu ia trocando os pedaços remendados dos sonhos que ainda estava tendo, por rodopios em meio aquele mar de cifras delicadas e o cheiro marrom e marinado do café agora moído e passado. Era quase sempre assim. Manhãs embaladas a vinis dos grandes clássicos (Mozart e Beethoven quase sempre, e Beatles e Queen quando as manhãs não amanheciam chuvosas no tempo e na alma). E claro, ao café que papai moía e passava logo por quando o sol ainda estava para deixar de iluminar a escuridão, para iluminar o dia.

Eu amava aquele cheiro. Ainda amo. Cheiro de terra perfumada que quando chove, aflora.  É engraçado, as pessoas geralmente bebem cafeína para tornarem o presente mais duradouro, quase sempre, enquanto lutam pelo futuro do amanhã. Elas bebem para compensar os sonhos mal sonhados, o tempo que não fora perdido, e para se manterem acordadas em pesadelos onde existem monstros “já crescidos”. Eu bebo para reviver o passado. Para voltar a ser criança e principalmente para sonhar acordada com o passado que já foi vivido.                                

As pessoas crescem e se esquecem. As pessoas crescem e se perdem. Mas acredite, ainda há crianças  que crescem e sobrevivem. Porque cada um de nós, em meio a uma correria ou outra, pode encontrar a felicidade em meio a uma xícara de café e outra qualquer..


Geralmente eu não sou de falar (ou comentar) muito quando compartilho meus textos por aqui. Fato! Pode reparar, quase sempre as matérias que tem conto\ou\crônica embutidos vem com meros comentários de rodapé! Vai falar que não?? E eu até  que podia seguir essa ordem hoje também. Por que não né? hahaha! Mas tenho que pedir um bilhão de desculpas por ter evaporado no final da semana. Gente não foi na maldade tá? Eu até que tinha uma programação toda bonitinha das matérias e tudo mais, mas né a vida é imprevisível, e eu acabei ficando atolada num mar de aulas do cursinho! Um bilhão de desculpas! Eu não esqueci de vocês não (juro).

Até mais ver terráqueos!

xoxo

                                                                                                🌸🌵✨

amizade

Convenhamos, amizade é que nem mentira: tem perna curta! E assim como tudo na vida, tem um fim… Mas porque raios eu estaria escrevendo negativamente sobre o tema de hoje? No meu ponto de vista? Há muitas amizades fantasiosas, que passam na nossa vida como vestir uma fantasia (duvida?). Ela dura enquanto vestimos a camisa, mas quando mudamos de opinião ou personagem, simplesmente some. Outras são como um bate bete, isso ai, aquele brinquedo vintage que deixou munda gente por ai traumatizado. E olha esse tipo de amizade, não deixa um resultado muito diferente não… Esse é aquele tipo de amizade, que vai e volta, quando convém. O vilão de todos na minha opinião. Uma verdadeira amizade chupa cabra (bree).

É pois é! Mas em meio a tantas amizades falsas e superficiais, e a um texto sem pé nem cabeça que apareceu por aqui, ainda existem aquelas amizades, que são eternas (pelo menos enquanto duram haha). Amizades únicas, e olha, vou te dizer RARAS, e que hoje em dia, são difíceis de achar! Por isso, valorize quem realmente é seu amigo ou amiga, e sempre olhe pro seu próprio umbigo antes de olhar para o dos outros, porque sinceramente? A cada dia, uma falsiane que tava bem de baixo no nosso nariz aparece, ou tô mentindo?

(BRISA total? Completamente! Resolvi  pra variar um pouquinho,  trazer hoje para vocês um texto- um tanto quando aleatório- que escrevi durante o intervalo das aulas. Não morri de amores por eles, mas como já está tarde 11;20 da noitchê, e hoje foi um daqueles dias mega corridos, onde eu não tive tempo nem de respirar, optei por ele para o nosso amado dia de hoje, que tal? haha) Até amanhã..

Ahh e pra acompanhar meu dia a dia, é só me seguir lá no insta (@fofuradakah) <3

xoxo

41

YAAAY! Eu nem creio que estou escrevendo isso, mas gente,  o Fofuras tá completando 4 anos!! *–* Eu sei que até já andei comentando isso com vocês, e talvez até com essas mesmas palavras haha, mas como assim?? Parece que foi ontem, que eu estava a meia hora da minha aula de inglês criando o que eu não sabia que se tornaria um verdadeiro mundo para mim!  kkk Poooor isso, como tudo “isso aqui” é super importante pra mim, e eu não poderia deixar essa data (botem aspas ai, haha calma que eu já explico) passar em branco, hoje vim compartilhar com ocês, um pouquinho da história, do -nosso- blog! hehe

43

Eu nunca tive data marcada pra comemorar o aniversário do blog (j-u-r-o). Em primeiro lugar porque eu não faço ideia quando eu criei o blog, no quesito data okay?  haha E segundo, simplesmente porque a única coisa que eu sei, e me recordo, é que foi no meinho de agosto que me deu nas telhas de fazer um diário online (é, eu sempre amei diários kk), e que desde então minha vida mudou, e ficou de cabeça para baixo! kk

Quando criei o fofuras, lá em 2012 (senhô, faz tempo ein? haha), a única coisa que eu queria era um lugar para ser totalmente eu mesma, sem aqueles tabus da escola sabe? Mas até eu entender que o blog, era um blog, e não um diário online, como foi por muuuuito tempo – acreditem em mim, eu não sabia nem que tinha gente literalmente trabalhando como blogueiros (#éavida)- foram quase 3 anos haha, ai que vergonha senhô!  Inclusive, o primeiro post de todos- eu tava lembrando dele esses dias, e bate até uma coisinha do coração- foi sobre o meu medo de usar aparelho, mas não na questão beleza da coisa, mas como aquilo repercutiria na vida, de quem já era tão alien na sala de aula! haha

42

E olha, desde aquele post,  só foram posts e mais posts e mais posts, tá não vou mentir, confesso que até um ano e meio atrás, eu ia e vinha por aqui, acho que mais ia do que tudo né, mas é passado haha JURO! Até eu chegar exatamente onde eu tô agora! Feliz da vida, enchendo meu dia de alegria, e deixando não só a minha, mas como a atmosfera dos meus leitores (alienados que sonham com um mundo, curiosos de plantão, e pessoinhas únicas, que amam fofuras como eu) mais leve, com posts aleatórios, mas que num geral, levinhos, e sobre tudo (mesmo!). Coisas que eu descubro por ai, que amo, e que acho interessante, pra sua life também <3

44

Por isso, quando fui fotografar as fotos desse post, resolvi usar esse cartão de it girl e algumas flores; acho que elas representam bem o blog num geral! Moda, leveza, fofuras, lifestyle…enfim meu pequeno mundo, que há 4 anos, virou nosso! E que se Deus quiser, vai durar ainda muuuito mais! haha

Oia, e quantos perrengues eu não já passei? kkk já deletei, perdi, excluí, desisti, não sei quantas vezes desse chuchu! Alguém ai lembra, quando eu migrei do Blogspot? haha melhor nem lembrar! Por isso, você ai que também é blogueira, ou está pensando em se tornar, vou te dizer uma coisa: fácil não é, mas quando é feito com amor, é gratificante, e pra mim, os melhores momentos do meu dia!

45

Então, obrigada! Sem vocês isso aqui não existiria. Sou grata por cada pessoinha, que vem conhecer meu cantinho, e que está me apoiando a conquistar o que agora virou um sonho! s2 Ahh e nunca que eu poderia de deixar de agradecer meus pais haha (que desde sempre, tem apoiado essa minha loucura)kkk. E a equipe da CBB, que desde o início do ano, vem me ajudando a conquistar meu espacinho na nossa querida internê. OBRIGADA POR TUDO!

E se você quiser  me acompanhar meu dia a dia, é só me seguir lá no insta (@fofuradakah) <3

xoxo

1 2